LifeStyle & Health

Reitor da Universidade do Porto é reeleito para segundo mandato

António de Sousa Pereira foi reeleito, esta sexta-feira, como reitor da Universidade do Porto. O segundo mandato prolonga-se até 2026.

O Conselho Geral da Universidade do Porto reuniu-se, esta sexta-feira, para eleger o próximo reitor da Universidade do Porto. António de Sousa Pereira foi reeleito para um segundo mandato com 13 votos. Quanto aos restantes três candidatos, Altamiro da Costa Pereira, diretor da Faculdade de Medicina (FMUP) ficou em segundo lugar com cinco votos, João Falcão e Cunha, diretor da Faculdade de Engenharia (FEUP), ficou em terceiro com três votos e Anand Agrawal, reitor da Universidade de BlueCrest (Gana), não recebeu nenhuma nomeação. Houve dois votos em branco.

O ato eleitoral realiza-se por escrutínio em voto secreto entre os 23 membros do Conselho Geral em funções (12 professores e investigadores, quatro estudantes, um funcionário não docente e não investigador e seis personalidades externas cooptadas). Quem conseguir mais de metade dos votos, é eleito reitor. Se nenhum candidato o obtivesse, seria realizada uma segunda volta entre os dois candidatos mais votados.

No remaining de abril, os quatro concorrentes ao cargo responderam às questões colocadas pelo JN sobre as suas propostas. António de Sousa Pereira demonstrou a vontade de prosseguir o projeto idealizado por si em 2018 para a Universidade do Porto, quando assumiu as funções de reitor pela primeira vez.

Altamiro da Costa Pereira, diretor da FMUP desde 2018, disse que o seu “principal objetivo é ajudar a reforçar a identidade e a reconfigurar a ação da Universidade do Porto”.

João Falcão e Cunha, diretor da FEUP desde 2014, resumiu a sua candidatura no título do Programa de Ação: “2026 – Uma Universidade do Porto Surpreendente”.

Por sua vez, Anand Agrawal, considerou, à knowledge, “que chegou o tempo de a Universidade ter um reitor mais jovem e com experiência internacional”.

Learn Extra

Leave a Reply

Your email address will not be published.